The cure for boredom is curiosity. There is no cure for curiosity.

28
Abr 10

 

 

Por motivos de trabalho, tenho de ver e analisar semanalmente filmes pornográficos. Bem sei que o que acabei de escrever soa à pior desculpa da História desde “são rosas, senhor, são rosas” ou “juro que isto nunca me aconteceu antes” ou “eu não vou nada depor à Assembleia, que nem sei quem é aquele senhor grisalho”, mas é a mais pura das verdades. E posso assegurar que, apesar  do missionário ser aqui um espécime em extinção galopante, é bem mais chato do que parece . Isto sem desprimor para a  quantidade de amigos que tenho que já me asseguraram que adoravam ter este encargo em mãos – e sim, estou a fazer-me ao trocadilho. Mas as quecas propriamente ditas são bastante aborrecidas nove em cada dez vezes (oito, vá, que eu não sou santa), ao ponto de eu até já dizer ao meu dealer na Hot Gold “manda-me mas é aquelas cenas de japonesas com polvos, pá!”. É tudo tão previsível como uma comédia romântica com a Meg Ryan: no final eles ficam sempre juntos e no final ela fica sempre com esperma a pingar do queixo.  É bocejar e seguir para o próximo.

Sobre o porquê do meu pai ter apanhado a sua filha mais nova a falar de pilas e pipis frenéticos em pleno zapping em horário nobre posso alongar-me mais tarde.  Porque, para já, só queria mesmo partilhar isto: gajas, esqueçam os tratamentos para a celulite, o clerasil e a transferência de meia conta bancária para a Corporation Dermostetica. Eles não se ralam assim tanto. Não podem. Cinco minutos de um filme porno e fica-se logo a matutar “espera lá, eles excitam-se com esta tipa com ar de funcionária de um talho em Albergaria A Velha? Porque raio não se hão de excitar comigo que até faço o buço?”. Moças, a maioria das estrelas porno têm  corpinhos normais. Com estrias, cicatrizes,, pêlos encravados, casca de laranja, joanetes , you name it. No outro dia perdi uns bons sete minutos a ver uma verruga num rabo andar para cima e para baixo. Desde que a depilação esteja feita (desejo que a moda do pipi imberbe passe ainda mais do que desejo paz no mundo) e se esteja disposta a ir para a piscina de biquíni e saltos altos, pode-se ter um treçolho tipo bola de bilhar ou um rabo que parece um saco do Lidl demasiado cheio de batatas para a sopa. Vão por mim. E pelas “Fantasias Sexuais de Ana”.

 

(*) = ou “Como Trazer A Esta Blog Metade Das Buscas Badalhocas Feitas Por Este Google Fora”. Taradões de todo o mundo, fiquem à vontade. Mas não toquem em nada sem passarem primeiro as mãos por água, se faz favor.

 

 

 

publicado por Miss November às 00:08

1 comentário:
és grande! aahahah!
maria inÊs a 4 de Maio de 2010 às 00:13

Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
14
15
16
17

18
19
20
21
22
24

27
29
30


mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO